content='786389851402381 property='fb:admins'/>

domingo, 11 de agosto de 2013

Gatinhos gatinhos gatinhos!!!!

Olha eu aqui de novo! Quarta-feira voltamos de duas lindas semanas na Grécia, já estou preparando um post sobre isso (ainda to esperando umas fotos pra enfeitar o post), mas hoje eu tenho algo muito mais interessante pra contar. Desde sexta-feira dois novos abitantes vieram encher nossa casinha de alegria. Os nomes deles são Mojito e Midas. 

Desde que nos mudamos pra esse apartamento estávamos loucos pra adotar um gatinho. Nosso único medo era que nossas alergias iriam atacar e a gente teria que abrir mão do gato. Aí na metade do ano passado um casal de amigos nossos foi viajar e deixou a gatinha deles aqui pra gente cuidar. Foi um ótimo teste pra saber se a gente poderia aguentar um gato na casa. O nome dela é Toetje (pronuncia Tútia) e ela já ficou aqui em casa três vezes, sempre por um longo período (normalmente três semanas). Foi aí que decidimos que iríamos mesmo adotar um gatinho.

A Toetje
Eu nunca me importei com raça, cor, tamanho, sexo, nada disso. A única coisa que eu queria muito é que fosse bem filhotinho, quanto mais novinho melhor. Eu também sou super contra comprar animais, portanto queria muito que fosse adotado. Então ano passado, depois das férias de verão a gente foi à um abrigo de animais pra encontrar nosso novo companheiro, mas já estávamos meio tarde e não haviam mais filhotinhos. Tinham vários adultos adoráveis, mas eu queria muito mesmo ter um filhotinho. Daí o pessoal do abrigo disse que teríamos que esperar até o fim da primavera (entre maio e junho) pra encontrarmos filhotinhos. Eu fiquei super triste na época, mas resolvemos esperar. Aí, quando chegou a época de adotar esse ano eu fiquei meio receosa porque estávamos pra sair de viagem e não teria ninguém pra cuidar do gatinho. Então mandei um email pra alguns abrigos pra saber que ainda haveriam filhotinhos disponíveis no início de agosto, eles me disseram que eu poderia viajar tranquila porque as ninhadas nasceram super tarde esse ano, já que o inverno foi tão longo.

Então, dois dias depois de voltarmos de viagem, a gente foi ao abrigo adotar nosso gatinho. Eu sempre pensei que dois eram melhor do que um, não acredito nessa história de que gatos são seres solitários. Mas o marido queria adotar só um e depois, se fosse necessário, a gente pegaria um segundo. Só que chegando no abrigo a veterinária disse que gatos que moram em apartamento (que nunca saem pra rua) têm muito problema em se socializar e ao adotar dois juntos os problemas acabam.

Entramos numa sala CHEIA de filhotinhos. Sério mesmo, tinha uns 30 filhotinhos lá. Todos prontos pra serem adotados. O marido se apaixonou imediatamente por um e eu por outro. Não conseguimos escolher e ele também levou em conta o que a veterinária disse e acabamos saindo de lá com os dois. Aqui estão eles:
Midas (com o marido) e Mojito (comigo)
Midas tem 10 semanas e Mojito tem 12, ambos super miúdos e dóceis. Estamos completamente apaixonados por eles, já dormiram na cama com a gente e tudo mais. Minha sogra, que já estava pensando em adotar um gatinho pro netinho que mora com ela (um dia ainda escrevo um post sobre isso), resolveu ir junto só pra ver como os gatinhos de um abrigo são, já que ela nunca esteve em um e sempre teve a impressão que eles seriam doentes, infelizes, etc. Ela foi com a gente só pra olhar mesmo, mas meu sobrinho se apaixonou por uma gatinha e eles acabaram adotando-a também. Resumindo, fomos ao abrigo pra adotar um filhotinho e saímos de lá com três! Como minha sogra vai passar uma semana fora com meu sobrinho, a Loena (pronuncia Luna) vai passar uma semana aqui em casa com a gente. A Loena é da mesma ninhada que o Midas e o Mojito agora é o irmãozinho adotivo deles. Mas agora chega de blábláblá e vamos às fotos, afinal um post sobre gatinhos precisa de muitas fotos, né? hahahaha
Midas apagadão 

 Midas e Loena fazendo pose pra cartão postal

Mijito dormindo em posições gatais

 Stefan e seus novos amigos

Loena e Midas embaixo da mesa

 Mojito e Midas embaixo da mesa

 Os três dormindo embaixo da mesa

 Os três dormindo comigo na cama

 E dormindo...

Dormindo de novo...
Os três brincando
Brincando juntinhos
Prevejo que precisarei de um novo sofá em breve
E pra terminar, um vídeo que vai derreter seu coração (a não ser que ele seja de pedra haha). Tínhamos uma mala que rasgou na nossa ultima viagem, a intenção era jogá-la fora, mas o marido teve uma ideia melhor: transformá-la em um playground pra gatos!!!!

video

 Por enquanto é isso, sinta-se livre pra babar o quanto for preciso ;-)